9º IT Command Center Meeting – Segundo dia de palestras

Segundo dia de palestras aborda os diferentes modelos de boas práticas existentes no mercado

Conforme dito anteriormente, seguem atualizações sobre o segundo dia do 9º IT Command Center Meeting. Hoje o foco foi principalmente na elucidação de alguns aspectos de importantes frameworks (ou conjuntos de boas práticas) utilizados atualmente.

Como a bateria da minha máquina acabou, hoje não deu pra tirar novas fotos. Entretanto, como no site da Brunise tem a imagem de todos os palestrantes, enviarei pelo menos estas imagens.

No início do dia, tivemos uma participação internacional no evento. Contamos com a presença do Sr. Marc Taillefer, da Exin. Taillefer explanou sobre Capacitação x Posicionamento. A incrível infraestrutura que nos fora propiciada no evento, garantiu inclusive a tradução simultânea, para aqueles que não tivessem familiaridade com o idioma inglês.

Palestra: Capacitação x Posicionamento

Marc Taillefer, EXIN International

 

Marc Taillefer

Logo em seguida tivemos um debate com três consultores da Brunise, cada um falando de um modelo específico. Foram eles:

José Maria Fiorino, Consultor Brunise

Palestra: Qual o papel da ITIL v3 (Portfólio de Serviços)

 

José Maria Fiorino

Antenor Gomes, Consultor Brunise

Palestra: Qual o papel do CObIT (metas de negócios)

 

Antenor Gomes

Marco Valentini, Consultor Brunise

Palestra: Qual o papel do Escritório de Projetos (PMBoK)

 

Marco Valentini

Após o almoço, tivemos a participação de mais dois profissionais, abordando mais dois assuntos de altíssima relevância:

Palestra: Alinhando a execução com a estratégia (Enterprise Architecture, TOGAF)

Roberto Severo, Presidente e Fundador da AOGEA (Association of Open Group Enterprise Architecture)

 

Roberto Severo

Palestra: Controle de qualidade ou Cultura de qualidade?

Marcos André Freitas, Consultor Sênior da Gerência Selic Banco Central / Anbima

 

Marcos André Freitas

Ainda no segundo dia, tivemos um exercício bastante interessante. No dia anterior, havíamos sido solicitados a criar (em casa), um indicador consistente e apresentá-lo no dia seguinte… Ao final do evento, estes indicadores foram apresentados e tivemos que categorizá-los como Empresarial, Técnico-Operacional, Recomendação ou “não é indicador”. Após a compilação dos resultados, estruturou-se uma formidável base de indicadores, fruto da discussão de diferentes setores do negócio. Este posteriormente será compartilhado aqui no site.

A experiência foi realmente muito boa, conforme havia falado anteriormente. Eventos como este devem ser valorizados e explorados ao máximo. É de vital importância que a TI posicione-se estrategicamente. Encontros desta natureza motivam negócio e TI a se cooperarem mutuamente, criando uma atmosfera de cumplicidade, além da mutualidade de benefícios que podem ser alcançados através desta relação.

Parabéns a Brunise Consultoria e Treinamentos e a todos os palestrantes e participantes deste grandioso evento.